Milhares de estudantes protestam contra Carlito

Jovens se reúnem novamente no centro da cidade nessa segunda-feira e chegam a fechar ruas de grande movimento contra o aumento da passagem de ônibus.

Em apenas três dias, o prefeito Carlito Merss enfrentou o pior desgaste público até aqui em sua gestão. O petista vem sentindo o peso da insatisfação popular de milhares de estudantes desde a noite de sexta-feira, quando centenas de universitários deram um recado ao petista. “Cumpra com o compromisso e revogue o aumento do transporte coletivo”.

A população soltou a voz e manifestou seu desgosto. Nas duas manifestações de segunda-feira (uma na parte da manha e outra no inicio da noite) participaram estudantes das mais diferentes instituições, revoltados com a falta de consideração que o prefeito atual tem pelo povo que o colocou no poder.

A representante da Ação Social da Saúde Comunitária, Ester Pereira Alves, disparou: “Carlito prometeu não aumentar o transporte coletivo. Porém, ele traiu as pessoas que votaram nele. Ele nem sequer, soube respeitar a inflação, ele extrapolou. Temos que nos manifestar ele está do lado do capitalismo, das empresas, não do povo, do mais fraco. Cadê a Joinville de toda a sua gente?”, bradava.

Dona Ester também disse que usa ônibus todos os dias e não vê qualidade nenhuma. “Nós temos a passagem mais cara de Santa Catarina. O Carlito é um traidor”, exaltando a multidão que se aglomeravam na Praça da Bandeira, em frente ao terminal central.

O universitário Willian Luiz da Conceição afirmou que “o aumento está fora de questão, que existem várias irregularidades”, confirmando o que o professor Trigo, ex-secretário de Infraestrutura denunciou sua denuncia aos estudantes três dias antes quando discursou para os alunos na Univille.

Para o estudante Tiago de Carvalho, “a tarifa está 109,2 % acima da inflação. E aqui em Joinville, temos 40 anos de ilegalidade e indignação do povo. Mas ainda falta mobilização”.

Valdemiro de Souza, aposentado e morador do bairro Floresta, dizia que achava justo a manifestação, e acompanhou a passeata até o fim. “O Carlito devia pensar no que prometeu, tanto na água, quanto na luz”.

9 comentários:

Luiz Fernando Peixer disse...

Esse é o jornal!

Anônimo disse...

Uma vez ouvi um cidadão cobrar o prefeito de minha cidade sobre um assunto que nao me recordo agora, dizendo que estava no direito pq tinha votado nele. O prefeito entao retrucou: "nao foi o seu voto que me elegeu, foram SETE MIL e tantos..." Entao, essas manifestações sao muito importantes, se todos nos manifestarmos contra o que agride o povo, certamente mudaremos isso... pq quem tem *¨&¨6 tem medo... e prefeito, ou qualquer espécie de político tem *¨&¨6.

Anônimo disse...

O povo é um cavalo... ou seja, nao sabe a força que tem. Pois o cavalo só puxa a carroça pq nao sabe da força que tem!!!!!

Marco Aurelio disse...

quem sabe faz a hora não espera acontecer.
O PT que sempre infernizou os governos quando era oposição se esconde ou foge quando faz burradas.

Fora Carlito. Fora com suas besteiras e aumentos.

Carvalho disse...

Gostei da matéria! Só mesmo os repórteres de "A Notícia" é que conseguiram ver só trezentas pessoas na manhã de ontem em frente à prefeitura.
Só com os alunos que saíram da escola Presidente Médici esse número já estaria superado.
Pela manhã cerca de mil estudantes estiveram protestando no prefeitura. E esse número vai aumentar!

Anônimo disse...

sr prefeito sei que precisa de ajuda pois até agora meteste os pés pelas mãos,então estamos aqui olha para nos e escuta,sai dessa cai na real.
o povo é teu amigo junto com ele tu vai longe por isso seja nosso aliado e não nosso inimigo,os empresarios vão te abandonar tu vai ficar só.
ainda da tempo...

Anônimo disse...

Infelizmente é só assim que as coisas podem mudar, então força, permaneçam na sua força de estudantes, até o fim, pelo seu futuro, construindo o presente, permanessão organizados e pacíficos, mostrando a opinião do estudantes e do povo trabalhador desta cidade, permanessãm assim, como todos os brasileiros deveriam estar.

Apóio todos vocês jovens e cidadão de Joinville.

Antonio Carlos disse...

Falta coerência
Para ser cristão é necessário ter coerência. Cristo não
perdoou os hipócritas de seu tempo que falavam coisas bonitas
mas agiam de forma imunda. Para eles cunhou o termo sepulcro
caiado: bonitos por fora e fedorentos por dentro. Esta questão
me faz lembrar alguns religiosos de hoje, como o padre Ivan
Macieski e o ex-padre Osmari Fritz, que até o ano passado
teciam violentas críticas contra os reajustes autorizados
pelos prefeitos em exercício. Só que, inexplicavelmente, este
ano, quando o prefeito Carlito concedeu reajuste de 12,2% no
valor das passagens, bem acima da inflação, os dois
"defensores dos oprimidos" nada comentaram sobre o assunto.
Onde está a coerência destes religiosos? Enquanto a população
vai para a rua protestar contra este abuso econômico, os dois
se calam de forma vergonhosa. Será preciso o galo cantar três
vezes para eles acordarem diante do clamor popular?

Anônimo disse...

PARABÉNS AO ESTUDANTES NOTA 10
CARLITO NOTA - 0 - ZERO