EDITORIAL: Após o desastre

Uma semana depois da divulgação da pesquisa Univali ainda não estão totalmente esclarecidas para a opinião pública as razões do desastre ocorrido com a avaliação do prefeito Carlito Merss.

Por mais que se busque explicações para a decepção popular com seu prefeito, nada justifica apenas 22% de aprovação. A pergunta que mais se ouviu esta semana foi: “Como que o ex-prefeito Marco Tebaldi, depois de tudo que aprontou, tinha 39% de aprovação e o Carlito em apenas 5 meses de mandato obtém a vexatória marca de 22% de aprovação?”

Para responder a esta questão duas hipóteses aparecem como mais prováveis. A primeira é que a pesquisa do instituto Univali estaria errada ou manipulada; e a segunda é de que o prefeito Carlito conseguiu a proeza de, por enquanto, ter se tornado o pior prefeito que a cidade já viu.

Para a primeira hipótese concorre o fato da GAZETA ter buscado uma parceria justamente com um dos mais respeitados institutos de pesquisa do país e que, cientificamente, atesta seus resultados. O próprio coordenador da pesquisa Univali, professor Sérgio Januário, garante que corta suas duas mãos se os números das suas pesquisas estiverem errados.

No entanto, se descartarmos erro ou manipulação e considerarmos como corretos os números da pesquisa fica ainda uma grande indagação: Por que Carlito tem apenas 22% de aprovação com 5 meses de mandato?

É evidente que causou revolta no eleitor joinvilense o fato do prefeito trair suas promessas de campanha e até copiar de Tebaldi esquemas ilegais como aquele usado para aumentar a tarifa de ônibus.

O que surpreende é o grau dessa revolta revelada nos números da pesquisa.

10 comentários:

hamiltom /univille disse...

este editorial tem a cara do Gaeta.
este texto tem a grande pergunta que não quer calar.

PORQUE SÓ 22,14% DE AProVAÇÃO ?

Vanessa disse...

Vou responder porque o prefeito tem 22% ;
É porque ele mentiu para as pessoas.
É porque ninguem gosta de ser enganado.

KAKA disse...

Beleza de resposta só que vou complementar:
è porque ele pensa que porque veio de Brasilia tá mais preparado.

Mauricio disse...

é claro que a pesquisa está certa o povo está cansado de ser enganado,vinte e dois por cento ainda é muito pelo que ele já fez de coisa errada na cidade devia ser só uns dez por cento ......vergonha joinvillense carlito merrs

Marcia disse...

Joinville tinha uma cisma com o Carlito.
E estava certa. O prefeito chorão quer ser o recordista em arrecadação .
Esquece que a arrecadação não vem do ceu.
As pessoas que pagam não aceitam políticos que mentem, que dizem que vão mudar mas quando assumem entram nos esquemas.

Luz Carlos Wilcke disse...

Prezados,
Para tirar a duvia e o mostrar como foi feito a pesquisa. Por exemplo: Se voce pesquisar de fora desproporcional aos percentuais do resultado da eleição, e logico que voce terá esses números ai. A cidade de Joinville tem aspectos sociais que são so de Joinville. Se num determinado Bairro, o Carlito so teve 25% do votos, e voe colocar 30% de pessoal pesquisado, vai fiar desproprocional.

Luis Antonio disse...

**********************************
Resposta para o Luz Carlos Wilcke

Eu estudo matematica na UNIVILLE e vou lhe dizer uma verdade. Estatistica é uma ciência exata que quando aplicada nas pesquisas funciona como a matematica.
Dentro das margens de erro a pesquisa é altamente confiável.

roberto disse...

Existe uma técnica criada e aplicada pelo nazismo. Divulque maciçamente uma informação, mesmo que seja mentira, ao povão. Em breve ela se torna verdade. Foi isso que o baixo clero da mídia fez e está fazendo. Nas eleições ja estavam divulgando que as prefeituras que o PT passou não deixavam saudades. E os outros partidos na prefeitura de Joinville, deixaram alguma saudade ? É claro que não. Muito pelo contrário deixaram casos de polícia. Prefeitos "espertos" demais. Exemplo: Tebaldi. Deixou uma dívida, secretários ladrões. Mas mesmo assim não houve uma divulgação por parte do baixo clero da mídia de Joinville ao povão. Muito pelo contrário. Eles escamotiavam as ilicitudes do exprefeito e amenizavam os escândalos.
Dois erros do Carlito: Aumento da água e do transporte. Isso é o suficiente para ter um indice mais baixo do que um prefeito corrupto ? Claro que não. E mais, exigir grandes mudanças em 6 meses após receber uma prefeitura com dívida cujo valor ainda está em análise por uma CPI. è ridículo exigir do prefeito obras ou coisas semelhantes nesse curto espaço de tempo. Eu acredito que a gestão do Carlito vai ser de "pé no chão", com firmesa, sem escandalos de roubalheira ( como foi a gestão anterior).

Eu votei no Carlito, e não aprovei esses aumentos, porém, dizer que por causa disso, ele é pior do que o Tebaldi é no mínimo um absurdo, um acinte.

Lembrete: Durante a campanha o Darcy falou que tinha se reunido com o Tebaldi e prometeu abaixar a passagem a partir do dia 01 de Janeiro. Isso tudo foi mentira. Foi apenas para tentar desesperadamente recuperar os votos. Se Darcy tivesse ganho ele faria a mesma coisa. Aumentaria tudo. E muito provavelmente acima da inflação.

B. Casagrande disse...

O ROBERTO

Tem um texto muito bem elaborado

Dá gosto de ler

A gente fica preso até o fim.

Porque ele tem razão em quase tudo

Apenas, poderia complementar

Dizendo que Carlito mentiu

Que prometeu abraçar bandeiras

E depóis não fez o que prometeu.

Não vou usar ironias com Roberto

Porque ele parece sincero

Mas... dois grandes erros

Não são apenas dois erros.

A verdade, está na pesquisa

Quem pode realmente avaliar ?

Quem avaliou na pesquisa: o povo.

Inácio Mendes de Souza Sobrinho disse...

/
Tambem quero responder para o Roberto a respeito da promessa do Darci de que iria abaixar as passagens. Tem razão, ele prometeu. O que voce esconde, é que ele prometeu porque as pesquisas mostravam que esta era uma das questões mais importantes para os joinvilenses.
Agora Roberto pare um minuto e responda, se era tão importante a ponto do Darci ter usado até mentiras para convencer o eleitor porque o Carlito que não mentia(sic)disse que assumiria as bandeiras do Kennedy para depois ....
Bem, o que ele fez depois até o reino mineral já sabe.