Faltam pediatras no Hospital Infantil e PAs

O empresário Elson Passos foi levar a filha de onze anos na última terça-feira (14) ao Hospital Infantil Jesser Amarante Farias, mas a fila de espera para a consulta com o pediatra era de 40 crianças. A menina estava com febre e vômito. Conforme o pai da criança, havia somente um médico atendendo. A assessoria de imprensa do hospital esclarece que estavam quatro pediatras no local. “É fácil dizer que há vários médicos, quando só um estava atendendo”, ironiza o empresário.

Elson afirma que não deixaria a filha com febre esperar até que todas as 40 crianças fossem atendidas pelo pediatra. “Depois de tanta gente, não tem como o médico dar atenção à doença”, diz. Conforme ele, o Hospital Infantil só tem estrutura, mas não tem profissionais para cuidar das crianças.

Uma das recepcionistas pediu que o empresário levasse a filha a um Pronto-Atendimento. Ele foi até o PA Norte, mas também não tinha nenhum pediatra, enquanto aproximadamente 20 crianças esperavam na fila para consulta. Elson teve que levar a filha para uma clínica particular.
A assessoria do Hospital Infantil explica que somente os pacientes em estado de urgência e emergência são atendidos e que os casos mais leves são encaminhados ao PAs. Conforme a assessoria, o que houve com Elson é um procedimento normal.

No entanto, o gerente da Unidade de Assistência Ambulatorial e Hospitalar da Secretaria de Saúde, diz que o pediatra chega somente às 19h e que o acúmulo de crianças é porque o médico não atende à tarde. Conforme o gerente, os PAs deveriam ter 48 pediatras, mas só tem 20. “Não conseguimos contratar ninguém”, admite.

Hamilton afirma que os médicos estão fazendo horas a mais para atender a demanda. “Eles vão ter que morar dentro dos PAs para aliviar os atendimentos”, diz.

3 comentários:

Anônimo disse...

É TA AE MAIS UMA MENTIRA
HOSPITAL INFANTIL INFEZMENTE . É ASSIM QUE TRATAM A SAUDE DO POVO

TEMOS ELEIÇAO AE ANO QUE VEM GENTE

Anônimo disse...

Capaz do Carlito e do Darci de Matos ainda saírem pra Deputado Estadual. Caras de pau

roberto disse...

Sempre faltou médico? Ou está faltando somente agora? No tempo de Lorival (aquele que foi preso), tinha bastante médico a espera de paciente? É lógico que não. A saúde estava um caos, e estou vendo que esse caos continua. Não quero ser advogado do Carlito. Afinal, ele prometeu melhorar e não está cumprindo. E se continuar esse caos temos que mudar no voto. Mas por favor, não coloquem de novo nem Tebaldi e nem Lorival e sua turma. Pelo amor de Deus!