Prefeitura teria pago para tirar Gebaili do ar

Desde a saída do radialista Beto Gebaili da TV Brasil Esperança, canal 11, na semana passada, que um acalorado debate tem tomado conta dos meios de comunicação, especialmente dos blogs de opinião.

Parte da polêmica deve-se ao fato de Gebaili ter denunciado o envolvimento direto da prefeitura e da cúpula do PT na sua saída da TV, tendo também afirmado que a emissora estaria “recebendo” para tirá-lo do ar.

Esta denuncia é muito grave já que, se confirmada, mostraria uma escalada da nova administração municipal no sentido de tentar controlar os meios de comunicação.

Não se trata de defender um radialista que tem, inclusive, merecido desta Gazeta duras críticas pela sua forma parcial de fazer rádio e televisão. O que se questiona é a legitimidade da prefeitura em usar recursos públicos para tentar calar seus críticos.

Carlito, que tem apenas 22% de aprovação popular segundo a pesquisa UNIVALI, quer reverter esse recorde negativo na avaliação de seu governo tentando manipular a imprensa.

No entanto, a desaprovação popular do prefeito é resultado da percepção dos joinvilenses de que Carlito está descumprindo seus compromissos de campanha.

Fica claro, nesta mesma pesquisa, que a maioria dos joinvilenses considera a gestão Carlito pior que a de seu antecessor Marco Tebaldi, apesar da imprensa, principalmente aquela agraciada com farta publicidade oficial, não repercutir o que possa ser negativo ao atual prefeito.

Num Estado Democrático a imprensa tem papel fundamental na fiscalização dos poderes ao apontar eventuais desvios. Nenhuma sociedade realmente democrática pode aceitar que seus governantes usem o poder que lhes é “outorgado” pelo povo, através do voto, para amordaçar a imprensa.

Se, é condenável que radialistas usem os microfones para achacarem seus desafetos, é também repudiável que políticos usem recursos públicos para calarem a imprensa que os criticam. Nesse sentido cabe lembrar a citação do filósofo Voltaire: “Posso não concordar com nenhuma das palavras que você diz, mas defenderei até a morte o direito de você dizê-las.”

Presidente da Câmara também pediu demissão de jornalista

Em abril deste ano, o jornalista Leonel Camasão, escreveu no jornal Notícias do Dia matéria com dados que estavam incorretos sobre a lei complementar que previa um aumento de cargos comissionados na Câmara de Vereadores de Joinville. Apesar de reconhecer que errou na interpretação da documentação encaminhada pelo assessor de imprensa do vereador Manoel Francisco Bento (PT), o jornalista foi dramaticamente desligado do veículo de comunicação. Ficou clara, neste episódio, a interferência direta do vereador Sandro Silva (PPS), presidente da Câmara, para que o jornalista fosse demitido. Sandro deu o seu recado: “Não iremos tolerar isso, de jornalistas”.

26 comentários:

Anônimo disse...

Será que dá pra acreditar no que o Sr. Gebaili diz? O seu histórico é negativo.

Anônimo disse...

SERÁ QUE DÁ PARA ACREDITAR NO CARLITO? SEU HISTÓRICO É MAIS QUE NEGATIVO.

Anônimo disse...

A GAZETA QUE SE CUIDE. FIQUEM DE OLHO ABERTO DAQUI A POUCO VEM A FISCALIZAÇÃO MUNICIPAL (CARLITO), A FISCALIZAÇÃO FEDERAL (LULA), O MINISTÉRIO PÚBLICO (ASSIS) E VOCÊS VÃO VER O QUE É MEXER COM O PT. MAS, CONTÉM COM O POVO PARA APOIAR A VOCÊS, É UM JORNAL QUE MERECE RESPEITO.

Anônimo disse...

Um anônimo aí falou do Promotor Assis.
Um promotor não faz algo só porque quer, tudo tem que estar muito bem fundamentado e será um Juiz a decidir.
Não são Promotores que condenam, basta ver que algumas ações seguem em frente e outras não.
Quem não deve não tem porque temer o Ministério Público.
Mas o povo é sempre assim, quando precisam correm atrás do Ministério Público, quando ele cobra alguma coisa é porque é ruim.
Eu confio muito mais na Justiça que nos políticos, o amigo não?

Nivaldo disse...

Contem com o ''povinho''....

Anônimo disse...

Concordo com o Anonimo acima, a Gazeta que se cuide, por falar nisso onde anda o promotor Assis? cadê o Ministério Público?

Luciana Coelho disse...

Quando uma reportagem como esta fico mais entusiasmada com o nosso povo brasileiro.

Este país que sabe dar a volta por cima, sacudir a poeira e seguir em frente traz surpreendentes histórias.
O que é um jornal semanal de poucos recursos para enfrentar o poder do prefeito Carlito aliado do presidente Lula ? NADA.
Pois esse NADA está deixando sua marca na história da imprensa e do Brasil.
NADA, é a maravilhosa coragem destes jornalistas.
NADA, que vira TUDO quando se acredita no que faz.

ozirio disse...

Tudo tudo bobagem. O não repórter (independentemente de diploma) repercutindo esperneios de uma ameba humanóide.
Ouvi dizer que a próxima pauta é sobre o fato de que o Pedro Malasarte levou pra um motel da cidade Branca de Neve e a Minie. Parece que elas não cumpriram o acordado e foram parar lá no DP do Boa Vista. Elas pelo descumprimento foram retidas e ele partiu tendo se dirigido ao Jerke pra relaxar. Tomar umas e outras. Que ninguém é de ferro.

João disse...

E desde quando Gebaili representa a "imprensa" ou "meios de comunicação"? Ele é uma fraude, não representa a imprensa séria, competente e democrática exigida constitucionalmente. Representa uma imprensa bandida, e a Gazeta deveria comemorar as portas fechadas para o sr. Gebaili, e não santificar a figura de Gebaili através da condenação e crítica ao governo. A prefeitura, se for o caso, pode estar errada, mas Gebaili calado é um poeta nesta cidade cheia de coronéis.

DJALMA JARDIM disse...

Por isso que eu gosto da GAZETA.

M.... fora do pinico vai sair no jornal.

Não tem prefeito, governador, presidente, empresario ou um simles safado como gebaili.

Todos que saem da linha vão para a GAZETA.

TO ADORANDO !!!

roberto disse...

Gazeta esá dando "valor' e "notícia" para um delinguente. Gebaile está fazendo um escandalo para aparecer, já que na verdade é o ultimo suspiro antes de desaparecer por completo do noticiário de Joinville. Ele perdeu. É um perdedor. Ninguem consegue enganar por muito tempo.

Nivaldo disse...

Acho triste este jornal defender uma pessoa com um passado tao ''obscuro'' como o sr. Gebaili, ele nao é uma ''jornalista'' ( se assim podemos chamar), desconhecido,e joinville esta cançada de gente dessa ''laia'', que se aproveita da ''ingenuidade'' dos joinvillenses para sua propria promoçao. Ja faz muito tempo que os joinvillenses sao ''embobinados'' com estorias da ''carochinha''...

Murilo Sales Soares de Azevedo Melo disse...

SENHOR ROBERTO !

Não vejo o senhor se chocar com o fato do prefeito ter "pago" para tirar um radialista do ar.

Para qualquer democrata isso seria gravissimo.

Ou poderiamos pensar em tirar :

*Reinaldo Azevedo da VEJA
*Mainardi tambem da VEJA
*Eliane Catanhede da FOLHA
*Arnaldo Jabor da GLOBO
*Kennedy Alencar do UOL
*Dora Kramer do ESTADÃO

TODOS estes acima criticam "duramente" o governo do PT. Até ultrapassam o razoável.

TODOS são execrados pelos simpatizantes do Jose Dirceu do Carlito etc.

Voce concordaria que o governo usasse dinheiro publico para elimina-los ?

roberto disse...

SENHOR MURILO

O senhor está afirmando uma acusação sem fundamento de um delinguente sem escrupulo. Já está inclusive, colocando isso com uma verdade já julgada.
O Senhor deveria pensar duas vezes antes de esvrever asneiras.
Onde está a prova de que o carlito foi responsável por isso?
O senhor Tem essa prova? Então por favor seja um cidadão responsável, mande para o jornal A Gazeta para publicar. Se for verdade, aí eu vou até concordar com o senhor. Se não for assim, faça-me o favor cale a boca.
Eu não preciso mostrar nemhuma prova que o Gebaile é um mau caráter. É só ouvir o seu programa para constatar o que eu estou afirmando.

Anônimo disse...

Nivaldo disse...

Acho triste este jornal defender uma pessoa com um passado tao ''obscuro'' como o sr. Gebaili, ele nao é uma ''jornalista'' ( se assim podemos chamar), desconhecido,e joinville esta cançada de gente dessa ''laia'', que se aproveita da ''ingenuidade'' dos joinvillenses para sua propria promoçao. Ja faz muito tempo que os joinvillenses sao ''embobinados'' com estorias da ''carochinha''...(2)

pena que ainda sobrou dois dos tres patetas...inojando a profissão de jornalista/radialista...mas esse ja foi tarde...

Fábio disse...

A cada coisa que acontece no governo Carlito o jornal Gazeta procura o "lado negativo" e dá porrada e muitas vezes não é verdade, todos já perceberam que o negocio é pessoal...agora martirizar o Gebaili foi demais...porque não convida para ele trabalhar ai...que tal de editor chefe...

Anônimo disse...

A gazeta não esta defendendo o Gebaili, esta condenando a postura do Carlito, é bem diferente, se o Carlito fez o que estão dizento, o que é bem provável, isso é um atentado contra a Democracia, o Gebaili tinha que processar o Carlito.

Murilo Sales Soares de Azevedo Melo disse...

Olá de novo!

Parece que o "Sr Roberto" tem tanto ódio do Gebaili que prefere o tosco à lógica.

A lógica diz que é altamente provável a participação da prefeitura na saída do radialista.

Não é mera coincidência que a prefeitura tenha passado a patrocinar a dita TV de forma maciça justamente neste período.

Não é mera coincidência, tambem, que NÃO tem mais propaganda da prefeitura na Gazeta desde que passou a mostrar as mentiras do prefeito.

Quando o jornal pergunta: QUEM É O PIOR ? em sua manchete, está colocando o Carlito no seu devido lugar e "não elevando o radialista".

Anônimo disse...

E AS CONTAS DO CARLITO? SAI OU NÃO SAI, 7 MESES CARA, A CULPA AINDA É DO TEBALDI?

Anônimo disse...

Ainda espero ouvir, ler e saborear uma imprensa livre, sem intenções veladas e maculadas nesta cidade. Por enquanto aqui só se ouve o que terceiros escrevem, toleram ou liberam. E no fundo seria ingenuidade pensar que as palavras não são frutos de perspectivas e olhares politicos de cada individuo!!

Anônimo disse...

Nao é de hoje, que a nossa cidade sofre com
a falta de imparcialidade dos setores da imprensa.
Na verdade em Joinville nao existe imprensa livre, existem sim "assessores de imprensa e politicos" que se infiltram nos orgaos de jornalismo,
e desta forma utilizam-se dos meios para manipular a opiniao publica.

O espaco jornalistico de Joinville esta totalmente prostituido, nao existe um orgao idonio.E com a expansao da internet onde cada vez se paga menos por informacao, fica bem mais facil se alguar espacos e opínioes dando assim sobre vida as midias tradicionais.

Nesse contexto,seria insanidade imaginar que a prefeitura iria investir em propagando oficial num setor de imprensa que aluga espaco para
comunicadores, que tem como missao, abrir fogo contra a situacao e defender os setores da oposicao.Seria o mesmo que a prefeitura de Joinville bancar a propaganda politica dos Democratas e Tucanos.

Anônimo disse...

Cada Órgão Municipal agora tem um "assessor de imprensa", é assim que o Carlito e o PT quer dominar a cidade, calando as bocas, restringindo a imprensa, no Hospital São José os servidores não podem falar nada senão, toma-lhe processo administrativo, advertência e etc, ei Carlito quem te viu e quem te vê.

Anônimo disse...

É VERDADE EU TRABALHO LÁ, PARECE UM CAMPO DE CONCENTRAÇÃO, SOCORRO.

Anônimo disse...

Olha o que o PT está fazendo com joinville é o pior em todos os tempo de politica de joinville, até interferindo na imprensa , cadê a lei da imprensa , e o PT alias escrever em minusculo pt , tome cuidado !!!!!!!!!!!!!

jé povinho disse...

parabens gazeta de joinville,continue assim.
para o povo de joinville a verdade,doa a quem doer,os governos passarão,e voce ficara a nos mostrar com clareza o que acontece nos obscuros atos dos governantes mentirosos e vingativos.

Anônimo disse...

Talvez AGORA O JORNAL RECONHEÇA FAVOR JORNAL SEM VINCULO POLITICO.

É PARA O POVO.

A TV BRASIL ESPERANÇA NÃO PRECISA EXPLICAR, TIROU SIM DO AR OS 3 :GEBAILI, TONINHO E VERISSIMO, PORQUE FALAVAM O QUE PENSAM DO QUE TODOS SABE, OUVEM´, VEEM.

FOI UMA PROVA DE POLITICAGEM ACHO QUE DO PP.ACHO
AGORA O CANDIDATO QUE MEIO MANDA NA TV, MANDAVA NA GAZETA OU AINDA MANDA NÃO SEI, QUER OS 3 FORA, POIS NÃO POUPAM NOMES
FALAM A VERDADE, E AI O POVO NÃO PODERIA VER EM CANAL ABERTO QUEM É PATROCINADOR DELES.
É FEIO NÉ, A LEI DA MORDAÇA NA BRASIL ESPRANÇA.
ESPERANÇA AONDE??
JAKE