EDITORIAL: Os sucessores de Freitag

Esta semana os principais jornais do país estamparam um anúncio de página dupla, espelhada, onde a empresa criada pelo ex-prefeito Wittich Freitag presta contas aos brasileiros sobre suas promessas feitas exatamente um ano atrás.

Para não deixar dúvidas, o grupo Whirlpool, que agora controla a Consul, republicou o anúncio com as promessas e compromissos feitos há um ano e, ao lado, declararam: "um ano depois, a Whirlpool fez exatamente o que sempre se comprometeu a fazer". A empresa lista seus feitos que comprovam o cumprimento da palavra empenhada com seus colaboradores e, principalmente, com seus consumidores.

Cumprir a palavra era ponto de honra para Freitag, tanto na vida empresarial como na atuação política.

Em sua campanha para se eleger prefeito de Joinville, Freitag prometeu que o valor do IPTU seria reduzido ao preço de um maço de cigarros.

Prometeu e, um ano depois, sua promessa estava cumprida.

O ex-prefeito Freitag tinha apenas dois temores: ser chamado de mentiroso ou ser acusado de não cumprir sua palavra.

Hoje, se ainda estivesse vivo, Wittich Freitag veria seus sucessores na Consul continuarem seu legado de honrar compromissos assumidos, mesmo em tempos de crise, mas estaria frustrado, como estão os joinvilenses com seu sucessor político que atualmente ocupa o prédio da prefeitura que ele construiu.

Isto porque, um ano depois de prometer reduzir as tarifas da água, baixar a passagem de ônibus e resolver em 100 dias a situação da Saúde, o atual prefeito só tem a apresentar nos jornais desculpas e mais desculpas por mentir e descumprir seus compromissos de campanha.

8 comentários:

Sofia disse...

Se o Ex-prefeito Freitag em um ano cumpriu a ousada promessa de reduzir o IPTU ao preço de um maço de cigarros... o Carlito que ainda não tem um ano no governo fará também a Joinville que todos nós queremos. Tudo vai melhorar, o problema é que resolver os problemas lá da raiz, resolver problemas crônicos, não se faz em meses. Obrigada pelo espaço!

Rudinei disse...

Concordo com voce Sofia !!
Querer comparar Carlito com o ex prefeito Freitag , é demais pra minha beleza !!

Nelson Jvlle disse...

É verdade. Os fatos estão aí para quem quiser ver.
Mas, vamos com calma.
Primeiro, a maior e principal desculpa a favor de Carlito, é que ele recebeu uma prefeitura com problemas descomunais. Vai precisar de muito tempo para consertar.
Segundo: Wittich Freitag foi o último prefeito de Joinville digno desse nome. Ele estava num nivel muito superior aos demais.
Por isso, não comparemos.
Talvez Carlito não esteja nesse nivel, mas se fizer o feijão com arroz, já será lucro. (Comparado com seu antecessor, Tebaldi)
O mandato é de quatro anos, portanto se a partir do final do segundo ano ainda continuar dando desculpas, aí sim a Gazeta poderá "pegar no pé" à vontade.
Antes disso, acho injusto.

Anônimo disse...

Esse Nelson deve ter comido banana quente e saido na chuva. Final do segundo ano? Tá maluco. Final desse já é tempo suficiente. Está na hora do prefeito dar um pé na bunda da Marinete e dos incompetentes que ela cravou na Prefeitura. E olha que o tempo está acabando.

marcos disse...

esse nelson deve está brincando.
o prefeito eleito(todos) tem que mostrar serviço logo nos primeiros dias de mandato
se voce arrumar serviço numa empresa tem apenas 3 meses pra chevia avaliar, se mostrar resultado fica, caso contrario leva um é na bunda e xau
assim tem que ser com os prefeitos, quando eles se candidatam, eles já sabem como anda a cidade. agora 2 anos pra analisar é coisa de doido.
se em dois anos o prefeito ter feito pouca coisa merece um impechement. o prefeito de joinville pelo que leio nos jornais tá na berlinda, muito pouco tem feito por joinville
desde que me conheço por gente ele já era candidato a prefeito. agora que ganhou..... tá vendo o mundo passar e crescer e joinville tá andando á passos de tartaruga no quisito política

ROLF disse...

O "prefeito carlito", falou em campanha que iria diminiur o preço da água, da passagem de ônibus, em 100 dias iria melhorar a saude, e o que vemos, aumento da fatura de agua, aumento da passagem de ônibus, falta de remedios nos postos de saude, etc........

Já se passaram quase 300 dias...

Nelson Jvlle disse...

Amigos, entendo a preocupação de voces. Todos estamos ansiosos para ver Joinville voltar a ser bem administrada.
Mas, como dizia minha avó, cautela e caldo de galinha não fazem mal a ninguem.
Não comi banana quente nem saí na chuva, viu Anônimo?
Não se trata disso.
Apenas estou depositando um voto de confiança no Carlito. Confesso que o faço com muita apreensão, pois os fatos não tem sido positivos até agora.

Só não podemos esquecer que o Carlito pegou a Prefeitura depois de tres gestões, divididas entre LHS e Tebaldi. Isso não é suficiente? Ou voces imaginam que eles deixaram a Prefeitura "limpinha" e "arrumadinha"?

Anônimo disse...

kkkkk
Acho que o Sr. Nelson trabalha em um circo, pois faz todos rirem!!!
O prefeito Carlito até tem boa vontade, mas realmente seus assessores e sua esposa, estao atrapalhando e muito!!!

Valeu pela risada Sr. Nelson!