Vereador quer abrir “caixa preta” da verba de publicidade da prefeitura

Da Redação
redacao@gazetadejoinville.com.br

A publicidade da prefeitura é novamente motivo de polêmica na Câmara de Vereadores de Joinville e gerou uma verdadeira guerra entre a base governista e a oposição. O vereador Odir Nunes (DEM) acusa a prefeitura de privilegiar determinados órgãos de comunicação da cidade investindo massivamente em publicidade, enquanto outras empresas de comunicação não recebem nada.

O líder da oposição chegou a protocolar um pedido de informação ao Executivo (nº 656/09) questionando o valor que foi gasto com publicidade, propaganda e divulgação da última edição da Festa das Flores. O governo de Carlito também vai ter que apresentar em quais emissoras e jornais as campanhas foram veiculadas, juntamente com o valor gasto em cada uma. A resposta do pedido de informação deve chegar até o dia 20 de dezembro.

Excluíndo veículos

Odir Nunes afirma que os veículos de comunicação que mostram a verdade sobre Carlito são boicotados. Ele diz que os vereadores não entendem essa “forma autoritária” de vender a imagem governista com recursos de impostos. “Vamos ficar atentos. Isso nós não podemos permitir”, destaca.
Segundo o democrata, a rádio Colon e a Cultura, por exemplo, recebem pouca verba publicitária da prefeitura ou nada. A emissora TV Brasil Esperança (canal 11) também foi excluída. Segundo o diretor geral do veículo de comunicação, José Carlos Francelino, o canal não recebeu nada de propaganda referente à 71ª Festas Flores.
A Secretaria de Comunicação optou por fazer a divulgação do evento em alguns meios de comunicação e deixou o restante de lado. Essa ação foi feita sem aval da Câmara e sem licitação. Indignado, Francelino lembra que a Brasil Esperança é a que mais tem programação regional, além de boa audiência. Ele explica ainda que o público que acompanha a emissora é mais de baixa renda, diferentemente de outras emissoras. Para ele, talvez isso não seja interessante à prefeitura.

Sem rabo preso

O diretor da TV Esperança explica que não pressiona a Secretaria de Comunicação. E diz não gostar de se comprometer, pois senão ninguém pode falar mais nada. “Fomos a única emissora que trouxe o Tebaldi. Além disto, quero ter o direito de fazer os debates e não o que o Carlito quer”, destaca.

10 comentários:

Anônimo disse...

Quem via o Carlito e quem ve hoje ele.... antes era o carlito probre agora é o carlito rico.

Esse Joinville quer ver bem longe...

Ele compra os meios de comunicacao... GRUPO RBS -

Anônimo disse...

O vereador Odir Nunes por acaso tem moral para falar de alguém?O cara só mamou nas tetas da prefeitura esses anos todos e o que fez? Qual o grande projeto que está na memória das pessoas?Ser pedra é muito fácil o difícil é ter idéias e fazer o bem.Quem comprou todos os meios de comunicação em Joinville na gestão anterior? Agora tudo é culpa do PT. Não sou petista mais acho que estão exagerando. Dá pra ver que muitas coisas que falam é pura maldade.

Anônimo disse...

O Odir tá exagerando porque não gosta do Pt. O cara sempre foi pau mandado .Acorda Joinville! Tira esse lambe botas e não vota mais.Porque ele não fala das maracutaias do DEM e PMDB, do LHS. Teba,Pavan,Dalonso ETC.Não tem peito porque é igual.

Anônimo disse...

O dono da Brasil Esperança é protetor do Kenedy Nunes e é claro vai meter o sarrafo no PT.Cadê a irmã dele, já parou de cantar e começou a trabalhar? O ano está terminando e a cigarra ainda não fez nada!Chega dessa gente.Já deu!

léla disse...

O povão não se importa com a veracidade dos fatos e menos ainda em questionar as atitudes dos "representantes" que elegem, mas sim com os "bafões", que logo são esquecidos. Por esse motivo é que existem criaturas que nascem "predestinadas" a não fazerem nada pelo povo,se darem bem...e que se acham cheios de razão para reclamar quando a teta seca...principalmente se o período de amamentação já chega aos 252 meses... Isso sim é desperdício do dinheiro público!!

Lia disse...

O Léo do contra-ponto...bajula muito a peixaria classe a...que paga uma merréca de aluguel pela metade do mercado público...é inocência pensar que não tem contra partida... peixinho caro...
mercadinho municipal...no tamanho da gestão do PT.
Viva Viva o Sr: Mello e seu grupo...GUERREIROS.

roberto disse...

O vereador Odir Nunes fez vista grossa para o mensalinho pago com o dinheiro público beneficiando o radialista Toninho Neves. Nada fez até o momento nenhum vereador sobre esse crime. O radialista mercenário continua com seu emprego. O certo seria sua exoneração do cargo. Isso foi um gasto de publicidade ilícito e vergonhoso do Tebaldi. Depois desse escandalo nada se fez. É uma vergonha esses vereadores. E ainda assim o imoral Odir Nunes quer moralizar os gastos de publicidade...

Anônimo disse...

Seu Odir Nunes precisa checar que benefícios essas viagens tão comuns entre os vereadores - inclusive de seu partido- trazem para a cidade. É uma vergonha, gente que se elegeu há poucos meses se divertindo às custas do governo. Quanto a publicidade na TV Brasil Esperança, é bom lembrar que trata-se de uma emissora "educativa" e como tal deveria divulgar as ações da prefeitura de graça, mesmo porque recebe recursos do governo federal.

Alexandre Wurz, Joinville SC

Frurre disse...

Ei Moçada,bom natal para todos familia,amigos,desconhecidos,politicos,saúde forte,muito bom morar nesta cidade.

Anônimo disse...

Se o Odir mamou nas tetas de outros safados, não justifica que o Carlito possa errar. Não se justifica um erro com outro.
CARLITO É MENTIROSO.
CARLITO É SAFADO.
CARLITO É CORRUPTO.
ISSO É MAIS PURA VERDADE, DOA A QUEM DOER.